Tuesday, January 5, 2021

Atualização do Patrimônio Financeiro - Dezembro de 2020: R$ 71.258,2 (-0.68%)

     

Poderia comprar 0,4 Bitcoins caso vendesse todo o portfolio


Patrimônio: R$71.258,20
Evolução patrimonial no mês:   -0,68%
Ibovespa no mês:  +9,30%
TWR (Total Weighted Return) histórico: +18,68%
Aporte do mês: R$ 4600
Taxa de poupança: 54,36%

Retrospectiva do mês anterior


Olá amigos, feliz ano novo a todos! O mês de dezembro foi novamente ótimo para a bolsa com o índice apagando praticamente todos os prejuízos do ano. Minhas ações subiram bastante também mas boa parte dos lucros foi apagada pela queda forte do XRP após a SEC, a CVM dos Estados Unidos, processar a Ripple empresa criadora da criptomoeda. Com isso a carteira acabou por andar de lado em dezembro, mas tudo bem... No final das contas está tudo dentro de um risco calculado. 

Aporte do mês


No aporte desse mês fiz uma venda de EQTL3 com 2% de lucro retirando totalmente esse papel da carteira e girei um pouco de patrimônio. O saldo final ficou assim:

ATIVOQUANTIDADEVALORPREÇO MÉDIO ATUALTOTAL EM CARTEIRA
OIBR3 18002,472,471800
BITCOIN+0,026364178.273,40178.273,400,026364 BTC
EQTL3 -20022,8722,380

Não tenho nada contra esse papel em particular mas queria fazer aportes mais significativos em Oi e Bitcoin então acabei por vende-lo. Eu poderia escrever algumas páginas comentando o case da OIBR3, venho acompanhando desde os 0.48 centavos. Talvez eu faça um post apenas sobre esse ativo no futuro.

Câmbio


O aporte desse mês foi menor visto que tirei férias no final do ano e como sou freelancer não recebi por esse período que fiquei parado...

 

Mas enfim, me parece que o câmbio está de volta ao meu favor com o EUR/BRL em R$6,50 no momento em que escrevo esse post. Espero que essa trajetória de alta continue para que eu possa manter o ritmo agressivo dos aportes.



Composição da carteira


Após as vendas e recebimentos de proventos a porcentagem em caixa andou para 1,4%. Preciso urgentemente controlar o dedo nervoso no botão de compra rs.



Guidance de alocação


A meta de alocação ideal se mantém a mesma do ano passado por enquanto. Estou cada vez mais satisfeito com a diversificação e mais chateado com o focus investing.


Alocação atual


Continuamos extrapolando pesado na carteira de small caps mas isso é intencional visto que quero começar 2021 com uma carteira mais agressiva. Os próximos aportes provavelmente serão no setor elétrico. A ideia a partir de agora é priorizar mais os papeis de transmissoras que pagam bons dividendos.

Olhando de relance pode parecer que a carteira está hiper-concentrada em um setor só mas isso não é verdade visto que na carteira de apostas eu coloco papéis menos ortodoxos e/ou papéis que eu acredito que possam ter significativa valorização, entretanto entram aí papéis de diversos setores da economia.

Nessa outra imagem abaixo eu divido a carteira de "small caps" por setor:


Breve retrospectiva de 2020


Em 2020 recebi R$2240,60 em proventos o que dá uma média de aproximadamente R$186 por mês e já estou bem feliz com este valor. A alguns anos atrás se alguém me dissesse que recebe quase R$200 por mês em sua conta sem ter que fazer nada eu diria que é impossível. 

Espero conseguir ter mais cautela em 2021 com apostas mirabolantes em ativos esquisitos e focar mais no fluxo de caixa da carteira que era a intenção desde o começo do blog.

E vocês, quais são suas resoluções financeiras para 2021?

Abraços,

O Aportador Obstinado.

Friday, December 18, 2020

Atualização do Patrimônio Financeiro - Novembro de 2020: R$ 68.745,96 (+7.29%)

    

Sempre quis andar de lancha


Patrimônio: R$ 68.745,96
Evolução patrimonial no mês:   +7,29%
Ibovespa no mês:  +16,97%
TWR (Total Weighted Return) histórico: +19,49%
Aporte do mês: R$ 8289,96
Taxa de poupança: 66.10%


O fechamento de novembro chega um tanto quanto atrasado ao blog. Venho trabalhando em um ritmo frenético talvez até um pouco além do limite do que é saudável, não tenho feito muitas outras coisas além de escrever código e jogar jogos como Dota e CS:GO. As vezes acho que preciso encontrar maneiras de me distanciar um pouco mais do computador.

Um ponto negativo nesses últimos meses foi a queda do ativo que não esta diretamente na minha carteira mas é o mais importante pra mim, o EURO. Eu provavelmente sou um dos poucos brasileiros que torce veementemente pela alta do euro KKKK. Consegui surfar bem as altas recentes no câmbio aumentado o número de horas trabalhadas além de receber alguns bônus por indicações na empresa e graças a isso aumentar meus aportes em BRL. Mas com as quedas recentes no câmbio já venho recebendo até 1000 reais a menos pela mesma quantidade de horas trabalhadas. 

Talvez o volume dos aportes diminua um pouco se o câmbio continuar caindo, o limite para mim está nos R$5,00. Caso a cotação caia para baixo desse valor eu provavelmente tentarei conseguir uma vaga numa empresa brasileira de software voltado ao e-commerce onde trabalham alguns vários colegas de faculdade. O salário lá seria menor mas com o PLR, benefícios e a simples possibilidade de ser promovido (tudo isso inexistente na empresa onde trabalho atualmente) talvez valha a pena.

Mas enfim, foi um mês excepcional para o índice e um mês ok para a minha carteira. Fiz algumas movimentações internas retirando recursos do caixa (pobre caixa não durou muito tempo na minha mão kkkk) e finalmente aportando em criptomoedas 🥳🎉 A moeda escolhida foi o Ripple (XRP) pois nos meus estudos essa cripto foi a que mais demonstrou utilidade real podendo ser usada por bancos como meio de liquidez, mas já pretendo aportar em bitcoins também quando a estratégia de alocação permitr. 

Fico feliz em ter mais uma classe de ativos para diversificação da carteira. Já comecei com um batismo de fogo nesse mercado tão volátil com uma "leve" correção de 30% do valor aportado hahaha. Essa correção puxou a rentabilidade da carteira para baixo em novembro.

O aporte do mês foi distribuído da seguinte maneira:

ATIVOQUANTIDADEVALORPREÇO MÉDIO ATUALTOTAL EM CARTEIRA
MXRF11 9210,3810,47970
ITSA42009,3711,00500
LCAM310026,6122,931400
ROMI320012,3711,38400
CAIXA -R$7.117,00--------------R$993,06
XRP +1.907,493,793,791.907,49 XRP

O destaque desse ano até o momento foram as ações da ROMI3 que me pagaram ao longo desse ano um total de R$980,08 em proventos distribuídos entre dividendos, JCP e bonificação em ações. Representando um pouco mais de 27% de yield considerando os proventos anunciados em 2020. Vendo esses números não pude deixar de aumentar posição nesse papel apesar de estar fugindo um pouco da estratégia de alocação.

Nesse mês de novembro também tivemos o recorde de recebimento de proventos da carteira. Totalizando R$775,70 em proventos recebidos 🙏 🚀🌙

Vejamos a composição atual da carteira. A pequena seção em azul claro é o finado caixa que agora representa pouco mais de 1% da carteira. Bem longe do ideal.




Adaptei um pouco a meta de alocação anterior comprimindo setores mais defensivos para dar espaço as criptmoedas. O setor de saneamento saiu de 15% para 10% e os FIIs cairam de 20% para 15% da carteira. Eu poderia ter comprimido o setor de energia ao invés dos FIIs mas atualmente estou achando yields melhores nos papéis de transmissão de energia. 

Vejamos como ficou a nova estratégia de alocação:


E agora a alocação atual, um tanto quanto overweight na carteira de small caps. Mas me vi obrigado a premiar com novos aportes os papéis que tiveram melhor desempenho ao longo desse ano.


E vocês, ganharam bastante dinheiro nesse rally de novembro? Me digam nos comentários.

Abraços,

O Aportador Obstinado.

Thursday, November 5, 2020

Atualização do Patrimônio Financeiro - Outubro de 2020: R$ 55.072,00 (-1.06%)

   

Golf 2015 1.4 TSI


Patrimônio: R$ 55.072,00
Evolução patrimonial no mês:  -1.06%
Ibovespa no mês:  -0.69%
TWR (Total Weighted Return) histórico: +11.36%
Aporte do mês: R$ 7117,00
Taxa de poupança: 59.45%

O mês de Outubro foi bem interessante no mundo da renda variável, principalmente o bull trap que se desenhou no intra-mês. Minha carteira em particular chegou a valorizar  quase 7% o que iria me permitir passar voando pela casa dos 50k e atingir os 60k já nesse fechamento. Pena que o índice resolveu entregar todo o ganho no final do mês 

😅

 

Resolvi utilizar o aporte desse mês para compor uma reserva de oportunidade onde a meta será manter 10% do patrimônio em dinheiro com liquidez imediata. Em outubro não vendi calls, simplesmente não consegui achar um bom momento para coletar bons prêmios.


Vejamos a composição atual da carteira:



Adaptei um pouco a meta de alocação ideal anterior para incluir o caixa (reserva de oportunidade). O setor de tecnologia por enquanto não vai entrar na carteira.



E agora a alocação atual, lembrando que os ativos que entam na carteira de small caps não seguem nenhum critério específico de valor de mercado das empresas. Nessa seção da carteira coloco ativos que acredito terem um grande potencial de crescimento. Atualmente são: LCAM3, ROMI3, LOGG3.


E vocês, o que acharam do bull trap do mês passado?

Abraços,

O Aportador Obstinado.

Tuesday, October 13, 2020

Atualização do Patrimônio Financeiro - Setembro de 2020: R$ 48.693,00 (-1.89%)

  

Uma moto de playboy

Patrimônio: R$ 48.693,00
Evolução patrimonial no mês:  -1.89%
Ibovespa no mês:  -4.80%
TWR (Total Weighted Return) histórico: +12.55%
Aporte do mês: R$ 7164.10
Taxa de poupança: 60.84%

Um mês em que não aconteceu nada demais, não viajei e muito menos me mudei. Nesses últimos meses venho conseguindo dar o sangue no trabalho e ganhar um bom extra e isso vem se refletindo nos aportes. A minha taxa de poupança também vem sendo muito boa, é bem gratificante pensar que com um mês de trabalho eu posso "comprar" 1 mês e meio do meu tempo. Estou também pra receber mais um bônus referente a uma indicação que fiz na empresa e a pessoa foi contratada, espero conseguir fazer maiores aportes. Continuo confiante na estratégia de 100% renda variável. E como se não bastasse ainda estou pensando em adicionar uma exposição a criptomoedas na carteira, ainda não bati o martelo sobre isso. 


Neste último mês comprei o seguinte:

ATIVOQUANTIDADEVALORPREÇO MÉDIO ATUALTOTAL EM CARTEIRA
MXRF11 12710,9710,48878
TAEE42009,379,48400
SAPR42005,0922,381400
LOGG310028,7928,36200


Nada demais no aporte do mês. Apenas aumentei a exposição em algumas posições que já tinha na carteira. Venho aplicando a alguns meses uma estratégia de venda coberta de calls sobre os papéis que tenho de EQTL3, BBAS3, B3SA3 e ITSA4. Até agora consegui coletar os seguintes valores em prêmio pela venda das opções:

  • Agosto: R$48,60
  • Setembro: R$97,30
  • Outubro (ainda por vencer): R$154,00

Tento sempre vender as calls num strike em que eu me sinta confortável caso venha a ser exercido e observando sempre o Delta <= 0.3


Vejamos a composição atual da carteira:



Atualmente essa a alocação ideal segundo a minha estratégia de investimento, porém venho pensando em muda-la e adicionar o setor de tecnologia no mix. Diversficando um pouco mais e incrementando o prêmio recebido com a venda de opções.


E agora a alocação atual:


Como foi esse último mês pra vocês?

Abraços,

O Aportador Obstinado.

Wednesday, September 2, 2020

Atualização do Patrimônio Financeiro - Agosto de 2020: R$ 43.279,60 (-6.15%)

  

Finalmente posso botar um carro zero aqui

Patrimônio: R$ 43.279,60
Evolução patrimonial no mês:  -6.15%
Ibovespa no mês:  -3.44%
TWR (Total Weighted Return) histórico: +14.73%
Aporte do mês: R$ 8.559.28
Taxa de poupança: 66.09%

Mas um mês que perdemos para o ibovespa e dessa vez para o lado negativo. Mas tudo bem que siga o jogo. Esse mês recebi a restituição do imposto de renda do tempo que morei na Alemanha no ano passado que deu em torno de 1500 reais. O dinheiro veio em boa hora pois eu pude utiliza-lo para subscrever algumas cotas do MXRF11, além disso, aumentei a quantidade de horas trabalhadas de 30 para 40 horas por semana e esses dois acontecimentos acabaram engordando o aporte desse mês.

Não vou mais fazer aportes em anúncios pois terminei o relacionamento e a loja ficou a cargo da minha agora ex-namorada. O término desse relacionamento realmente virou minha vida de cabeça pra baixo, faziam pouco mais de 5 anos que eu ainda estava morando na cidade do interior onde fica a universidade em que eu estudava (terminei o curso no fim de 2019). 

A namorada era a única coisa que ainda me prendia lá e com o advento do término resolvi finalmente entregar o apartamento que alugava lá e voltar pra capital. A ideia agora é passar um tempo na casa de mamãe enquanto decido o que vou fazer, duas ideias ganharam destaque na minha cabeça:
  1. Alugar um apartamento na capital de preferência na praia
  2. Viajar o país como nômade digital e morar um mês em cada cidade
A primeira ideia me permite ficar próximo da família e dos amigos mais antigos, me dedicar ao trabalho e também entrar na academia e cuidar um pouco da saúde e principalmente da estética já que agora estou solteiro e o mercado de mulheres não está fácil. Provavelmente é isso que vou acabar fazendo. 

A segunda ideia me pareceu mais atraente a primeira vista mas os custos me assustaram um pouco, eu provavelmente teria que alugar algum Flat ou AirBnb em cada cidade que visitasse e esses normalmente são mais caros que aluguéis convencionais, isso sem contar as passagens de uma cidade pra outra. Outra possibilidade seria 'morar' em hostels para cortar custos mas não seria muito confortável e existe ainda o perigo de pegar COVID. Outro downside seria o tempo que eu teria para curtir cada cidade, trabalhando das 8h às 16h eu teria apenas o final da tarde, as noites e os fins de semana para conhecer cada cidade.

Enfim, preciso pensar bem ainda pra tomar uma decisão. Vamos ao aporte do mês que foi distribuído da seguinte maneira:

ATIVO QUANTIDADE VALOR PREÇO MÉDIO ATUAL TOTAL EM CARTEIRA
MXRF11  151 10,28 10,40 751
B3SA3 50 60,02 61,69 100
EQTL3 100 23,98 22,38 200
SAPR4 300 5,36 5,63 1200

Comprei mais Sanepar que ficou um pouco pra trás do meu P.M e reforcei outras posições que já tinha em carteira dando preferência àquelas que possuem opções negociadas com liquidez. A ideia é fazer venda coberta de Calls e assim tentar melhorar a rentabilidade da carteira. Detalho melhor essa estratégia em outro post.

Quando iniciei o blog estipulei um aporte mínimo mensal de R$2000 e a meta de patrimônio para o fim de ano de R$35.000,00. Visto que consegui aportar mais do que esperava vou elevar a meta de patrimônio ao fim do ano para R$75.000,00.




Composição atual da carteira:




Vejamos agora a alocação ideal segundo a minha estratégia de investimento:

E agora a alocação atual:



A carteira descolou um pouco da alocação desejada mas com os próximos aportes vou corrigindo isso.

Como foi esse último mês pra vocês?

Abraços,

O Aportador Obstinado.

Sunday, August 9, 2020

Atualização do Patrimônio Financeiro - Julho de 2020: R$ 36.399,00 (+3.55%)

 


Nunca andei de jet ski



Patrimônio: R$ 36.399,00
Evolução patrimonial no mês:  +3.55%
Ibovespa no mês:  +6.97%
Rentabilidade histórica: +21.94%
Aporte do mês: R$ 5.068,00
Taxa de poupança: 56.67%
Aporte em anúncios: R$ 300,00

Nesse mês a nossa carteira perdeu para o ibovespa que performou quase duas vezes melhor no mês. 

No mês de julho a loja virtual vendeu em torno de 30~35 peças a um preço médio de 20 reais nos deixando perto do zero a zero. O mais interessante porém é que a estrondosa maioria das vendas foi feita através do perfil no instagram e do marketplace do facebook. No site em si vendemos apenas uma peça apesar de todos os anúncios estarem direcionados para lá. Após ter gasto uns 250~300 reais em anúncios para todo o Brasil percebi que o frete do meu estado para o resto do Brasil estava muito alto, muitas vezes o dobro do valor do produto. Isso foi o fator determinante para o desempenho ruim do site na minha opinião. Quando percebi isso resolvi direcionar os anúncios apenas para o instagram selecionando como público alvo apenas pessoas da minha cidade, onde através de motoqueiros consigo fazer as vendas cobrando apenas R$7 pelas entregas. Aí começamos a vender melhor.

Nesse mês pretendo gastar menos em anúncios pois finalmente contratei um contador e descobri que devo alguns mil reais para a receita federal (recebo rendimentos do exterior) e não quero problemas com o leão. Vou utilizar a reserva de emergência para cobrir esses gastos inesperados.

O aporte do mês foi distribuído da seguinte maneira:

ATIVOQUANTIDADEVALORPREÇO MÉDIO ATUALTOTAL EM CARTEIRA
LCAM310019,1319,13100
B3SA35063,1063,1050



Composição atual da carteira:




Vejamos agora como anda a estratégia de alocação:




A alocação atual finalmente está bem próxima da ideal, vamos ver como ela se comporta daqui pra frente.


E pra você como foi esse último mês?

Abraços,

O Aportador Obstinado.

Wednesday, July 1, 2020

Atualização do Patrimônio Financeiro - Junho de 2020: R$ 30.362,00 (+10.14%)


Bem que eu podia torrar meu patrimônio pra morrer atropelado por uma carreta 🤔

Nesse mês analisei bastante invesitmentos em renda fixa e fundos de renda fixa, achei um CDB com liquidez diária rendendo 110% do CDI no banco Sofisa Direto. Estudei também alguns fundos do BB de liquidez diária que renderam entre 4% e 10% nos últimos 12 meses com taxas de administração variando entre 0.35% e 1%, gostei da rentabilidade que vi mas não entendi completamente a influência dos juros mais baixos na rentabilidade futura de fundos como esses. No final das contas decidi estudar melhor esses investimentos e acabei não fazendo aportes em renda fixa. Qual a opinião de vocês sobre fundos de renda fixa nesse cenário de juros baixos?

Patrimônio: R$ 30.362,00
Evolução patrimonial no mês:  +10.14%
Ibovespa no mês:  +8.58%
Rentabilidade histórica: +21.69%
Aporte do mês: R$ 5.334,00
Taxa de poupança: 58.89%
Aporte em projetos pessoais: R$ 700,00

O aporte do mês foi distribuído da seguinte maneira:

ATIVOQUANTIDADEVALORPREÇO MÉDIO ATUALTOTAL EM CARTEIRA
MXRF1120010,9710,43600
SAPR45006,285,72900

Foi basicamente um aumento de posição de alguns ativos que já tenho. Atualmente são 9 no total, li um pouco sobre focus investing esse mês e decidi reproduzir a ideia. Nesse mês conseguimos bater o índice em quase 2% com uma carteira um pouco mais concentrada. Porém com uma carteira menos diversificada existe também o risco de perder mais feio para o índice, será que conseguiremos bater o índice com consistência?


Nesse último mês minha namorada surgiu com uma ideia muito boa para uma loja de roupas onde conseguimos comprar as peças a um preço interessante e manter uma margem alta e ainda vender mais barato que a concorrência. Decidi começar uma loja virtual e aplicar os conhecimentos que já tenho em tráfego pago pra turbinar esse empreendimento. Separei R$700 do aporte desse mês para investir nesse negócio. É normal do Facebook Ads que o dinheiro vá embora sem muito retorno na fase inicial de aprendizagem dos conjuntos e compra de dados mas da minha experiência isso tende a melhorar quando os conjuntos saem da fase de aprendizagem. O tempo dirá se consigo converter esse empreendimento em uma nova fonte de renda.

Composição atual da carteira:



Vejamos agora como anda a estratégia de alocação:




A alocação atual finalmente está bem próxima da ideal, vamos ver como ela se comporta daqui pra frente.

E pra você como foi esse último mês?

Abraços,

O Aportador Obstinado.